Pedro Gomes: Em nova classificação do Prosseguir cidade permanece na bandeira vermelha, grau de alto risco para infecção por COVID-19

Com informações de Mireli Obando e Rodson Carmo de Lima

A cidade de Pedro Gomes parou e ficou na bandeira vermelha, classificação de alto risco para infecção por COVID-19, do Programa Prosseguir, criado pela Secretaria de Estado de Saúde para mapear a situação epidemiológica no estado de Mato Grosso do Sul. Durante as últimas classificações, Pedro Gomes não teve modificações em sua classificação, permanecendo consecutivamente na bandeira vermelha.

Nesta quarta-feira (23), o Programa Prosseguir divulgou o novo mapa situacional do estado, que vigora até o próximo dia 07 de julho. Na nova classificação, quase 60% dos 79 municípios do Estado estão na bandeira vermelha.

O novo bandeiramento classifica 4 municípios na cor cinza, 47 na vermelha, 25 na laranja e 3 na amarela. As cores sinalizam grau extremo, alto, médio e tolerável para a transmissão da Covid-19, respectivamente. 

Na bandeira cinza, que orienta apenas o funcionamento de atividades listadas como essenciais no Prosseguir, estão os municípios de Água Clara, Aparecida Do Taboado, Camapuã e Japorã. 

Durante a live oficial de apresentação dos dados oficiais da Covid-19 e quinzenalmente a nova classificação dos municípios nas bandeiras do Prosseguir, a secretária adjunta da SES, Christinne Maymone falou sobre os novos atos normativos publicados em Diário Oficial do Estado (DOE) e que passam a ter vigência a partir de sexta-feira (25). 

Um deles trata da inclusão da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Educação (SED) e Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) no Comitê do Prosseguir que passa a contar com 12 membros. Outro documento revoga o decreto n. 15.693 e tem efeitos a partir de sexta-feira. “Amanhã é o último dia do nosso decreto estadual, que era um decreto com prazo contado, em caráter excepcional e temporário. Aos municípios que entenderam a importância do nosso agradecimento”.

O DOE também traz uma deliberação de revogação do Comitê Gestor do Prosseguir. “Considerando que fizemos uma reclassificação em relação a situação das quatro macrorregiões de saúde estarem em vermelho e com 90% da ocupação mas que foi dentro de um período que acaba amanhã, nós revogamos o artigo 1° e 2° da deliberação, com efeitos a partir de sexta-feira (25)”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *