Pedro Gomes: Em meio a pandemia Vereador Jairo dos Santos sugere gastos de mais de R$ 250 mil para contrapartida de emenda que nem sequer foi paga

O Vereador Jairo dos Santos (PATRI) parece predestinado a cometer gafes e se meter em embaraços jurídicos em seu recém mandato legislativo, não satisfeito em protagonizar a inédita apresentação de um projeto reprovado por ilegalidade, o vereador esqueceu-se de fazer a lição de casa e foi para a Sessão desta segunda-feira (10) com duras críticas ao Prefeito William Luiz Fontoura (DEM) dizendo que este seria contrário a compra de um veículo micro-ônibus para atender as demandas da Secretaria Municipal de Saúde.

Na última sessão do dia 03 de maio, Jairo divulgou uma emenda que teria sido indicada pelo Deputado Federal Beto Pereira (PSDB) no valor de R$ 150.000,00 que claramente não seria o suficiente para a aquisição do veículo, Jairo então se reuniu com o Prefeito para solicitar uma contrapartida, quando o município complementa recursos destinados por terceiros para concluir determinado objetivo. Na reunião foi explicado ao Vereador que quando o recurso for efetivamente destinado a cidade, o que ainda não ocorreu, pois as indicações de emendas federais pelos deputados ainda vão encerrar nesta terça-feira (11), precisam ser estudadas as possibilidade técnicas visto que recursos que forem enviados por meio do Fundo Nacional de Saúde não podem ter contrapartida, no caso o Deputado Federal teria que destinar o valor da emenda integralmente para a aquisição do veículo, valor esse que é pré-estabelecido pelo próprio Fundo Nacional de Saúde.

Jairo coleciona, em poucas sessões, uma série de ataques contra o executivo municipal e até mesmo contra a Casa de Leis, dizendo em sessão que não precisa somente da Câmara para fazer valer suas solicitações, em outra oportunidade acusou o Prefeito de boicotar suas campanhas de marketing nas redes sociais, feita por meio de matérias sensacionalistas e até mesmo com desinformações, como essa do recurso federal destinado, porém ainda não empenhado, que não explica as condições nas quais a leis orçamentárias que regem estados, municípios e o próprio Governo Federal no pagamento de emendas e aquisição de bens públicos.

 Para o vereador recomendamos o mesmo conselho do seu colega Fontourinha (PTB) para que leia o código de conduta da casa e se sobrar um tempinho entre suas fotos e publicações, acesse sites de consultoria jurídica e orçamentos públicos, não faz mal para Vossa Excelência e poupará a população de Pedro Gomes de ter que ouvir devaneios sonhadores de quem não viveu a realidade do município até pouco tempo antes de disputar as eleições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *