Pedro Gomes: Cidade permanece na bandeira vermelha com toque de recolher das 21h às 5h

Com informações do Progama Prosseguir e Mireli Obando, Subcom.

A Secretaria de Estado de Saúde, divulgou nesta quarta-feira (12), os mapas por grau de risco referentes à 15ª Semana Epidemiológica de 202, vigente até o próximo dia 26 de maio.

O município de Pedro Gomes permaneceu na bandeira vermelha que indica grau de alto risco para contágio por COVID-19, com isso a cidade continuará com o toque de recolher a partir das 21h até às 5h. A situação do município no controle a pandemia é de 12 casos ativos segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na noite desta terça (11).

No comparativo com o mapa do Prosseguir da semana anterior, 10 municípios regrediram de bandeira, 32 progrediram, e 37 permaneceram na mesma bandeira. Sendo assim, 42 cidades poderão ter o horário do toque de recolher modificado a partir de amanhã.

Diferente da semana anterior, que não tinha nenhum município classificado no grau de extremo risco, Guia Lopes da Laguna e Juti estão na bandeira cinza, em que apenas atividades essenciais são recomendadas.

Na bandeira vermelha com grau alto de risco estão 32 cidades. Amambai, Anastácio, Antônio João, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Iguatemi, Itaquiraí, Ivinhema, Ladário, Laguna Carapã, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranhos, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Sonora, Tacuru, Terenos e Vicentina.

A bandeira laranja, que indica grau médio, é a que possui o maior número de municípios na nova atualização do Prosseguir, ao todo são 44. São eles: Água Clara, Alcinópolis, Anaurilândia, Angélica, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Caracol, Cassilândia, Deodápolis e Dois Irmãos do Buriti.

Também estão no mapa laranja: Douradina, Eldorado, Figueirão, Glória de Dourados, Inocência, Itaporã, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Novo Horizonte do Sul, Paraiso das Águas, Paranaíba, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Taquarussu e Três Lagoas.

Apenas Nioaque aparece no mapa com indicativo da bandeira amarela, que indica grau tolerável de risco. Novo mapa situacional do Prosseguir apresentado nesta quarta-feira, nenhuma cidade está classificada como baixo risco na bandeira verde.

O secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo lembrou que a nova classificação dos municípios modifica o toque de recolher instituído pelo decreto n. 15.644. Nas cidades com classificação das bandeiras verde, amarela e laranja será mais flexível, das 22h até às 5 da manhã; os municípios de bandeira vermelha a partir das 21h; e na cinza, o toque de recolher deve acontecer das 20h até às 5 da manhã.

“Sabemos que muita gente tem sido vacinada, muita gente têm sido curada da Covid, mas os protocolos precisam continuar sendo seguidos, uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento social são fundamentais”, reforçou o titular da Segov durante apresentação dos dados na live.

O desempenho dos municípios em indicadores essenciais como a disponibilidade de leitos de UTI, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores, irá nortear a nova atualização do Programa Prosseguir que será no dia 26 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *