Pedro Gomes: Advogado Jean Rommy cria projeto inovador de incentivo a leitura e troca de conhecimentos.

O Advogado Jean Rommy de Oliveira, criou em Pedro Gomes um projeto inovador para incentivar a leitura e a troca de conhecimentos por meio dos livros. Por meio da “Geloteca”, uma geladeira adaptada e instalada em frente ao escritório de advocacia de Jean, a sociedade poderá retirar de forma gratuita e também fazer a doação de livros, para que as opções estejam sempre variando e beneficiando a todos com um hábito tão importante para o desenvolvimento da capacidade cognitiva, a leitura.

Geladeira é símbolo para “alimentar conhecimentos” – foto: reprodução/redes sociais

Segundo estudos a leitura é um hábito enriquecedor que traz uma série de benefícios e aprimora diversas habilidades do leitor, e uma delas é a criatividade. As histórias apresentadas nos livros exploram diferentes cenários. Dependendo do estilo do autor, os ambientes, personagens e objetos são descritos com riqueza de detalhes. O hábito de ler também promove o crescimento intelectual, as investigações no campo da Neurologia trazem explicações precisas para isso. Enquanto o indivíduo lê, ele realiza uma quantidade maior de sinapses — conexões neurais. Isso significa que a leitura é como uma ginástica para o cérebro. Com isso, diversas funções cerebrais são favorecidas. Há, inclusive, estudos que analisam a relação entre a prática frequente da leitura e a prevenção de doenças degenerativas, como o Alzheimer. Pesquisas ainda são feitas na área, mas a hipótese é de que o declínio que ocorre no cérebro com o avanço da idade pode ser reduzido à medida que a mente é exercitada — e isso ocorre com quem lê habitualmente.

O Projeto Alimentando Conhecimento, Educação – Transformação, teve um início complicado, a primeira “Geloteca” instalada pelo advogado Jean Rommy acabou sendo alvo de roubo, horas após sua implantação, mas o fato não fez com que o advogado desistisse de seu sonho em transformar a entrada de seu espaço comercial em algo que agregue valor a vida das pessoas que por ali passar.

Por meio das redes sociais, Jean Rommy informou “Hoje demos sequência ao projeto GELOTECA. Conseguimos outra unidade e a colaboração de muitas pessoas para alimentar a ideia. Esperamos a colaboração e, por favor, mantenham no local. É um bem que pertence a todos! Está bem sortida, principalmente de livros infantis. Que Deus nos abençoe.”

Geladeira é símbolo para “alimentar conhecimentos” – foto: reprodução/redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *