Libertadores: Santos vence o Boca Juniors e segue vivo na Libertadores

Com informações de Gazeta Esportiva

O Santos venceu o Boca Juniors (ARG) por 1 a 0 na noite desta terça-feira, na Vila Belmiro, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

Na estreia do técnico Fernando Diniz com expulsão, o Peixe chegou à vitória com um golaço de Felipe Jonatan no primeiro tempo.O Alvinegro passou o Boca e agora é o segundo e na zona de classificação às oitavas de final, atrás apenas do Barcelona (EQU). O The Strongest é o lanterna.

Vale lembrar que o Santos jogou contra o São Bento no último domingo para se salvar do rebaixamento. Dois dias depois, o time teve dificuldade, mas correu muito e conseguiu vencer o Boca Juniors.

O Santos voltará a campo para enfrentar o The Strongest na próxima terça-feira, na altitude da Bolívia. O Boca Juniors receberá o Barcelona (EQU) na Argentina no dia 20.

O JOGO

O Santos foi pior que o Boca Juniors na maior parte do tempo. Os visitantes tiveram a posse de bola e ganharam todas as divididas. Mas o Peixe surpreendeu.

Depois de 40 minutos truncados e de poucas chances, o gol saiu. E foi de quem menos estava jogando… Com dedo de Fernando Diniz, Gabriel Pirani dobrou com Ângelo pela direita e abriu espaço para Pará pelo meio. Kaio Jorge foi acionado e cruzou: a bola passou por toda a área e sobrou para Felipe Jonatan, que teve frieza para driblar e deslocar Rossi. 1 a 0 no placar.

SEGUNDO TEMPO

Logo no primeiro lance da etapa final, o Santos teve um pênalti não marcado. Felipe Jonatan cruzou, Kaio Jorge dominou mal e Izquierdoz tocou com a mão na bola. Sem VAR, árbitro nada assinalou.

Aos 5, Tévez recebeu uma bola longa e João Paulo ficou no meio do caminho. O atacante tentou encobrir o goleiro e quase fez um golaço.

No minuto 22, os técnicos Fernando Diniz e Miguel Ángel Russo discutiram. O clima continuou tenso, com discussões entre os jogadores, até ambos os treinadores serem expulsos.

A partida continuou muito tensa até o fim, mas poucas chances foram criadas. No fim das contas, vitória na raça do Santos, que segue vivo na Libertadores da América.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *